Tutorial – Coelhinhos de Rafaello (ou beijinho)

Espero que gostem deste mini tutorial! Não é nada difícil, é rápido e super simples!

Não usei estes coelhinhos em nenhuma bento, mas fiz de lanchinho da tarde para umas visitas em casa uma vez e as crianças ficaram encantadas.

Você vai precisar de Rafaello (ou beijinho), amêndoas em lascas e confeitos de chocolate ao leite ou vermelhos.

coelhinhos feitos com rafaello

Faça dois pequenos cortes com faca onde você encaixará as orelhas, cuidado para não partir o Rafaello ao meio (acredite, acontece com facilidade). Com uma pinça de cozinha, coloque os olhos e o nariz usando os confeitos de chocolate, se tiver os vermelhos, pode usá-los para fazer os olhos dos coelhos, que são vermelhinhos né? Mas eu não tinha em casa, tinha um saquinho que vinha confeites de bolinhas de chocolate ao leite e chocolate branco, mas só utilizei os de chocolate ao leite, como podem ver.

coelhinhos feitos de rafaelloE eles ficam assim! É super rápido, fácil, e não precisa de muita coisa! As crianças ficam doidas quando vêem os bichinhos. Quando mostrei pra uma tia minha que trabalha com doces para festas, ela pensou nos beijinhos. Eu nunca fiz com beijinhos, mas acho que realmente podem ser feitos nos beijinhos também!

Eu me inspirei nos coelhinhos de Rafaello da Maki Ogawa, claro que os dela estão um milhão de vezes melhores que os meus, por isso mesmo acho que vocês tem que passar no blog dela pois lá tem coisas maravilhosas e muito inspiradoras! O post dos coelhos é este.

 

Tutorial: Como começar com bentos? (parte 1)

Vou escrever uma série de tutoriais para quem tiver vontade de começar a fazer bentos para as crianças, marido, mãe, ou pra quem desejar, pode até ser para você mesmo, e partir para uma alimentação mais saudável, sem desperdícios e sem agredir o meio ambiente.

Parece óbvio, mas não é não, algumas pessoas pensam que precisam de muitas ferramentas pra começar com bentos, na verdade, você precisa mesmo é de uma bento box. Existem diversos tipos, tamanhos, cores, preços, são muitas as possibilidades. Mas você precisa de uma que te agrade e que agrade quem vai receber a bento.

Primeiro decida pra quem será a bento. Dê uma olhada na tabela abaixo e procure a idade e sexo da pessoa. Lembre-se que está tabela é apenas um guia, e serve para almoços, não para lanches da manhã ou da tarde. Para lanches, procure diminuir pela metade ou em 2/3 o tamanho sugerido abaixo.

Decidido o tamanho, hora de escolher a carinha da marmita. Se for para uma criança, procure uma colorida, com personagens da idade dela. Não adianta mandar uma bento do Mickey para um garoto de 13 anos, ele não vai nem tirar da lancheira!

Também não precisa gastar um dinheirão importando bentos, pelo menos não no começo. Hehehe! Se você gostar e ficar viciada(o) em bentos, bem, é provável que você queira importar. Mas não faça isso no começo, dê um tempo até que você se acostume com o tamanho das bentos que tem em casa.

Existem bentos sendo vendidas no Brasil, no entanto, um simples tupperware serve pra começar. A Lock&Lock tem alguns modelos que podem muito bem ser utilizados, especialmente para crianças, que já vem com divisórias e não são difíceis de achar, nem tão caros.

A própria Tupperware tem uma linha infantil de potes de plástico com diversos personagens infantis. Dê uma olhada clicando aqui.

Qualquer potinho de plástico serve, até os da Plasútil, que por sinal tem marmitas para adultos, e são super baratos!

O importante é que você comece gastando pouco!

Prefira as que fecham hermeticamente. São mais caras, mas mantém a comida mais fresca. Normalmente são aquelas que tem travas dos lados, como está da foto abaixo.

Há quem se importe e há quem não se importe, mas também existe a questão do BPA. Para quem não sabe o que é, leia o trechinho abaixo que retirei da Wikipedia. Caso queira ler o artigo todo, clique aqui.

Bisfenol A ou BPA é um difenol, utilizado na produção do policarbonato de bisfenol A, o policarbonato mais comum, e de outros plásticos. A substância é proibida em países como Canadá, Dinamarca e Costa Rica, bem como em alguns Estados norte-americanos, mas no Brasil era utilizada na produção de garrafas plásticas, mamadeiras, copos para bebês e produtos de plástico variados, sendo proibida apenas ao final de 2011, com prazo até ao final de 2012 para a retirada do produto das prateleiras e estoques.

Desde a década de 1930 que se suspeita que seja prejudicial à saúde humana (estudos sobre estrogenicidade). Em 2008, após vários artigos do governo dos EUA questionarem sua segurança, alguns varejistas retiraram das prateleiras produtos com BPA. Um estudo do FDA (Food and Drug Administration) de 2010 levantou preocupações quanto à exposição de fetos, bebês e crianças pequenas.

Caso você, como eu, tenha preocupação com o BPA, não se preocupe, existem diversas opções de bento boxes sem BPA no mercado. Todas as bento boxes fabricadas nos EUA vem sem BPA, assim como as fabricadas no Japão. Já as chinesas… talvez sim, talvez não. Então, caso vá importar, opte pelas fabricadas nestes dois países.

Como dito no texto acima, as empresas que utilizam BPA em seus produtos, tem até o fim de 2012 para retirá-los do mercado brasileiro. Já vi produtos que vem com o selo dizendo que aquele produto não contém BPA, então é só procurar os potes plásticos com o selo ou procurar o número de classificação do produto. Em produtos com BPA, você irá encontrar, gravado nele, o número 3 ou o número 7. Evite os produtos com estes números. Depois de 2012 dá pra ficar mais tranquilo em relação ao BPA, acho. Afinal, aqui nem sempre dá pra ter certeza de nada.

Se quiser ter certeza, certeza mesmo, compre uma das opções americanas pelo ebay. Vou falar mais delas em um post, mas algumas delas são a Laptop Lunches e a Goodbyn.

Espero, com este post, ajudar mães e pais a mudar a forma com que enviam os lanches para seus filhos, para que eles já cresçam com uma noção de merenda diferente da que fomos criados, que apesar de ser feita com carinho, não era das mais saudáveis.

Se tiver alguma dúvida, por favor, pergunte na área de comentários. Ficarei feliz em ajudar!